Posted by: Coelho Sinistro | 20/09/2012

As eleições estão aí – E você, já se identificou?

Como eu tenho consciência de que estou dirigindo estas palavras a uma maioria de pessoas “idiotizadas” eu peço a elas que leiam o texto por inteiro. E por favor, não usem a frase “eu não preciso nem ler, já sei o que esse cara escreveu aí.”

Sei que essa frase é a assinatura mental do idiotizado mas desta vez faça um esforço sobre humano e LEIA.

Você é uma daquelas pessoas que vivem por aí latindo contra a roubalheira, a impunidade e a corrupção envolvendo políticos e homens públicos?

É? Que ótimo!. Então responda: Qual é a diferença entre uma pessoa IDIOTA e uma pessoa IDIOTIZADA? Você não sabe?

Pois bem, então leia e memorize: O IDIOTA é aquele que distingue o certo do errado mas não tem personalidade suficiente para questionar, argumentar e sustentar a sua tese. Ele não sabe dizer “não” e acaba sempre sendo convencido a seguir os outros. Às vezes até se lamenta por ser assim tão fraco, mas reconhece que jamais irá mudar. Será sempre como o burro, só muda de direção quando as rédeas são puxadas.

Já o IDIOTIZADO é diferente. Ele tem como certo seguir tendências, fazer tudo que a turminha faz, gostar de tudo que a turma gosta. Imitar, copiar, vestir-se, falar e até agir como pessoas que, se os amigos tem como ídolo, é ídolo dele também. Uma pessoa assim não era Idiota, ela foi treinada pra ser Idiota, ou seja, foi IDIOTIZADA e se saiu muito bem.

E então, você já descobriu em qual desses grupos você se encaixa?

Um fato é real: esses dois grupos, somados, perfazem 85% da população brasileira. Do restante, 5% são normais e os outros 10% estão divididos em mega investidores e políticos nomeados ou eleitos.

Esses dados acima mostram claramente como o povo brasileiro foi “emburrecido” ao longo dos últimos anos. Mas se você ainda não tem certeza em qual dos grupos você se encaixa, esse pequeno teste a seguir vai te ajudar:

Se você recebesse uma proposta para investir 30 milhões de reais do seu bolso para exercer um cargo importante durante 4 anos em troca de um salário mensal bruto de R$ 20.000,00 o que você responderia?

Que não aceitaria, é óbvio, porque você não é idiota.

Se só um Idiota aceitaria uma proposta dessa, então como é que você explica um investimento de aproximadamente 30 milhões de reais numa campanha política visando o cargo de prefeito de uma grande Capital, se o salário bruto mensal oferecido é de R$ 20.000,00?. Afinal, essa pessoa que se candidata é o que, uma besta? Um imbecil? Um desinformado?

E você, que não aceitaria uma proposta parecida porque não é idiota, mas no dia das eleições vai lá e vota nessa pessoa que aceitou a proposta, é o quê? Amigo Urso? Maldoso? Quer ferrar o coitado? Porque não diz pra ele que é um péssimo negócio?

Só que não é bem assim, não é mesmo? O candidato se encaixa nos 10%, que são os espertos, e a missão dele é ganhar seu voto e ele sabe que para isso basta  meia dúzia de promessas. O dinheiro investido não é dele, mas sim de mega investidores que serão favorecidos durante o seu mandato.

E você? Bom, você que sempre foi metido a esperto, achava que sabia de tudo e agora ta começando a descobrir que não sabe de nada e ainda por cima quis foder o cara votando nele, vai ficar mais uma vez “chupando”. Sabe só o que vai te restar? Latir pelos quatro cantos como sempre e ficar repetindo as mesmas perguntas: “E a educação? a saúde? a segurança pública? a infraestrutura?. E as promessas que ele fez?”

Com todo respeito a sua idiotice, quando será que você vai entender que promessa de político é igual sonho de pobre? Nunca se realiza?

A questão agora não é mais “quantas vezes você já foi enganado” mas sim, “quantas vezes você ainda terá que ser enganado” para aprender?

É por isso que eu sou fã daquela frase: “Se você foi enganado uma vez por uma pessoa, essa pessoa merece uma surra. Mas se você foi enganado duas vezes pela mesma pessoa quem merece uma surra é você”. Essa frase retrata exatamente 85% do povo brasileiro e você faz parte desse grupo, portanto  você é um IDIOTIZADO e merece o quê? Apanhar, e muito.

 Pronto. Agora que você já sabe em qual grupo está enquadrado, dá pra gente se entender melhor não é mesmo? Então o que você acha que podemos esperar de pessoas como você que diante da pergunta “em quem você vai votar?”, responde: “Olha, em qualquer um, pra mim nenhum presta, mas fazer o que sou obrigado a votar.”

Pasme seu PALERMA, apesar de ser  uma aberração o voto obrigatório num país que se diz democrático, nada obriga você a votar em algum candidato. Se você acha que nenhum presta, anule o seu voto. Não faça da sua IDIOTICE uma arma. Não deixe que ela prejudique os outros.

 E dessa, será que você ficou sabendo? No oitavo mês do ano de 2012 o “impostômetro”, painel eletrônico instalado no centro da Capital paulista, registrou a marca recorde de UM TRILHÃO DE REAIS de impostos arrecadados pelo governo. E quando perguntaram a um cidadão, assim igual a você, o que ele achava, ele não só respondeu com muita segurança como também demonstrou o tamanho do potencial do seu Q.I. (Quociente de Idiotice):  “Pra mim não quer dizer nada, com a mixaria que eu ganho eu não pago imposto”. Com esse coice no cérebro, a  estrebaria estremeceu.

 Só relembrando: Quem coloca o político no cargo é o mesmo cidadão que vota em qualquer um porque acha que é obrigado a votar. É o mesmo cidadão que tem certeza que ele não contribuiu com nenhum centavo no trilhão de reais arrecadado em 8 meses porque ele ganha uma merreca.

E esse cidadão quem é? Você. Porque você é pior que um IDIOTA. Você é um IDIOTIZADO.

 E se mesmo depois de ter lido e relido esse texto você ainda ficou em dúvida, não se preocupe, as eleições estão aí. Vai lá. Faça como sempre. Vote em qualquer um. Ou escolha aquele que você acredita que vai cumprir tudo que prometeu. Mas  pelo amor de Deus, faça um favor às pessoas do grupo de 5% da população brasileira. Pare de latir pelas redes sociais, compartilhando link,s de outros idiotas iguais a você, protestando e fingindo indignação diante da corrupção da impunidade e das roubalheiras, como se você nada tivesse a ver com isso.

O Sinistro.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: