Posted by: Sr Coelho | 30/08/2011

Espírito do Pobre

espírito do pobreEu nunca fui muito religioso, mas acredito em algumas coisas. Ha muito tempo eu vejo e ouço falarem sobre espíritos, não acredito nem desacredito, mas ultimamente estou crente de que pelo menos um espírito existe, o do pobre.

O espírito do pobre pode baixar em qualquer um, ele não escolhe raça, cor, sexo e nem classe social, mas ele tem seus preferidos. O problema desse espírito é que pai de santo nenhum tira ele do caboclo. Alguns dizem que com uma bela surra resolveria, outros dizem q é questão de berço, que não tem jeito, que só nascendo de novo…

Após muito tempo de observação, pude verificar atitudes que demostram a possessão pelo espírito do pobre:

  • Ouvir mp3 no celular sem o fone de ouvido: NooOoOOOssa, esse é triste. O cara põe aquele sonzinho zuado, que normalmente é um funk bem chulo, e deixa no último volume. Agora vc acha que ele faz isso e fica na casa dele ouvindo? Que nada, ele vai pra algum lugar lotado de gente, a ideia é incomodar o maior número de pessoas possíveis. É, o espírito do pobre é zombeteiro mesmo, e não adianta reclamar.
  • Falar no rádio com viva voz: Já está percebendo que esse espírito adora a telefonia móvel né? Pena que ele usa ela para o mal. Mas essa atitude é de doer o sa@% também, pq além do cara usar o viva voz do rádio desnecessariamente, ele acha que está falando com um surdo do outro lado da linha. Por esse sintoma, vc reconhece a pessoa possuída rapidamente, a uns 3 quarteirões vc consegue ouvir os grunhidos seguidos de um barulhinho característico do rádio (“prii” ou algo assim). Porra fala baixo meu, precisa ficar gritando igual um louco??? E tira está merda do viva voz e use na orelha como se fosse um celular normal.
  • Entrar no busão em horário de pico, cheio de malas e com umas 15 crianças e 1 véia: Essa é conhecida como possessão em família e é bem complicada também. Quanto maior o grau da possessão, maior o número de mala ou o número de crianças, a única coisa que não muda é a véia, que é sempre uma. Aconselho a se afastar quando se deparar com uma situação dessas, vc corre o risco de levar uma “malada” na canela, ou grudarem um “ranho'” na sua calça. Estranhamente esse espírito sempre se alimenta de salgadinhos Fofura, Lucky ou biscoitos de polvilho.
  • Jogar lixo no chão: Maledeto com fuça de tomada!!! Saia deste corpo que ele não te pertence… Os possuídos jogam qualquer tipo de lixo pelas ruas, e aí é só esperar as consequências… Doenças, contaminação da água, o lixo vira abrigo e alimento para animais e insetos (ratos, baratas, mosquitos) e a famosa enchente que prejudica todo mundo. Depois cidadão aparece na TV chorando porque perdeu tudo, mas não pensou duas vezes antes de jogar o maço de cigarros pela janela, ou descartar aquela cama velha no terreno baldio ao lado. Sabemos q a questão aqui vai além do que está sendo falado, porém o espírito do pobre tem a sua parcela de culpa.

A conclusão é que não se trata de ter mais ou menos dinheiro… Até pessoas que tem uma conta bancária mais recheada podem sofrer um ataque do espírito. O ponto aqui são as pessoas pobres de cultura, pobres de caráter e principalmente pobres de educação, estes pobres tem o dom de irritar qualquer pessoa ao seu redor. Portanto meu amigo, se vc está no negativo, sem grana, todo fud@#% não se irrite, esse post pode não ser sobre vc.


Sr. Coelho
Participação especial Mr. Cooley


Responses

  1. Hahahaha…adorei! Ri muito!

  2. Pior é que é verdade….parece mesmo obsessão. Estes comportamentos são repetidos sempre da mesma maneira e é difícil de acreditar que foram feitos por indivíduos diferentes….

  3. Faltou falar das vestimentas típicas e peculiares dos possuídos por este espírito, tais como: tops flúor, barriga de fora com piercing atoxado na banha, etc….

    • Barriga de fora, cobrindo o cinto, com piercing perdido na banha é um outro espírito, o espírito do Gordo, vamos falar dele em breve.

  4. um dia, num onibus em sampa eu observei uma cena inusitada, da esperteza e habilidade do pobre em conseguir um melhor aproveitamento do som: sabe aqueles desodorantes em spray? de plastico q vc aperta e sai o “esquicho”? visualiza a cena – um daqueles frascos vazios, cortados ao meio, sem a tampinha de plastico (o fundo do frasquinho pode ter sido descartado ou reaproveitado como mini vasinho d flores) e a parte de cima estava posta sobre a saida de som do celular. desacreditei! gente, era um mini megafone improvisado! p ouvir forrozin mais altin! enquanto escrevo ja vou pensando em como patentiar essa ideia!kkkk

    • Que horror, esse espírito do pobre que baixou nessa pessoa devia ser bem forte rsrsr…

  5. A famiglia numerosa tem que esperar por quanto tempo para ter “a honra” de entrar em um ônibus? Coisa de mal educado é não dar lugar pra “veia” dentro do ônibus.
    É de quinta categoria classificar maus hábitos como “coisa de pobre”. Como é que você etiqueta o cara que mora longe, ganha pouco, usa o seu telefone e rádio em modo civilizado, paga as contas, não joga papel no chão…mas é socialmente pobre?

    • Como eu falei, não se trata de classe social mas sim de atitude. O cara que mora longe, ganha pouco, usa o seu telefone e rádio em modo civilizado, paga as contas, não joga papel no chão mas é socialmente pobre eu classifico como uma pessoa descente e educada, exemplo pra muita gente.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: